quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Aprender a reconhecer os próprios erros, um dia isso será possível?


Nada mais difícil do que reconhecer e admitir os próprios erros, porque na verdade, ninguém gosta de estar errado da mesma maneira que não gostamos de ouvir a palavra “não”.
Agir com emoção, ficar “cego” de raiva, ofender com palavras ou mesmo fisicamente alguém, menosprezar, parece fazer parte do cotidiano do ser humano, mesmo porque teríamos que estudar toda a infância dessa pessoa que agride, tem todo um histórico.
Mas não poderia ser assim, deveria existir alguma maneira de evitar os “ataques” que fazemos ou sofrermos num momento de fúria.
Caso a pessoa mereça, ao menos amenizar como serão lançadas as palavras, já que se revidarmos no mesmo nível, estaremos no igualando a mesma, o que na hora da raiva isso menos importa.
Sabemos que tudo na teoria é bem mais fácil do que na prática, mas também se lembrarmos que ao responder uma pessoa que no momento está gritando com você, num tom bem mais calmo e baixo, quem ficará irritada é a mesma, pois pensará que não está sendo levada a sério e isso a irritará muito.
Na verdade são questões para serem pensadas, analisadas, estudadas, mas tudo isso é muito amplo, já que eu mesma estou sempre agindo com a emoção a flor da pele, e depois sempre me questiono qual seria mesmo a melhor “estratégia” para o “ataque”.

6 comentários:

Allerson disse...

Creio que em uma situação dessas o melhor é virar as costas se retirar e deixar a pessoa falando só para evitar mais problemas.

www.allersonblogger.blogspot.com

Vini e Carol disse...

Certas pessoas já conseguem admitir quando erram, eu mesmo ás vezes consigo, mas é raramente. rs
É difícil pra alguém assumir seus erros, pois todos queremos ser os donos da razão.

Beijos.

João Cappello disse...

a melhor estratégia para o ataque é livrar-se da raiva e usar a cabeça. raiva e outras emoções não foram feitas para negociações

grazy dos santos. disse...

algo está claro: somos todos humanos, logo.. estamos sujeitos a cometer muitos erros.
particularmente, me deixo levar MUITO FÁCIL pelas emoções do momento e graças a isso, acabo exagerando e falando demais, pro bem e pro não tão legal.. quando ferimos o sentimento de alguém, é necessário colocar o orgulho, aquele vermezinho chato que revira no estômago quando fazemos isso, e pedir desculpas e tentar de alguma forma reparar esses erros..

ninguém disse que seria fácil viver, né
vivendo e aprendendo. se vivêssemos apenas de acertos, nada aprenderíamos.

;*

J.F. Marques disse...

Em certas ocasiões o melhor seria entrar por um ouvido e sair por outro, na teoria é fácil, já na prática... Mesma coisa quem fala que consegue reconhecer quando erra, saber até sabe, mas não assume, coisas da vida...
Parabéns pelo blog.

palavras ao vento disse...

quando a gente reconhecer nossos erros..isos sera o 1 passo para mudar a humanidade;;;mas vamos levando..ate onde da,,,